• José Rosa

REVEILLON E A TRADIÇÃO DO CHAMPAGNE


A chegada do ano novo é celebrada com o costume de estourar uma garrafa de champagne, o que já é uma celebração por si só. Há ainda quem diga que o espumante esbanja vida na taça, e por isso é um costume tão especial e adorado quando termina a contagem regressiva e o relógio bate a meia-noite.No Reveillon cada um tem a sua tradição, pular ondas na praia, guardar caroço de romã, usar roupa branca, não comer aves que ciscam para trás, etc. Mas uma coisa é unanimidade mundial, o brinde com um espumante! Ou melhor ainda, se for com o autêntico Champagne. Dom Pérignon, criador da champagne mais famosa do mundo, costumava dizer que não havia nada mais alegre e gratificante do que saudar o novo ano com estrelas imortais. E, realmente, tudo nesta bebida evoca o espírito de comemoração e felicidade.

Mas de onde surgiu esta tradição?

É difícil definirmos um início para tal tradição. Mais do que um costume da virada do ano, o espumante acompanha celebrações há séculos. Sempre foi usado pela aristocracia européia conhecida por sua paixão pelo vinho em momentos especiais e não só espumantes mas de todos os tipos. Se voltarmos ainda mais no tempo, a preferência da alta sociedade romana pelo vinho é extensamente documentada, e a bebida se fazia obrigatória em qualquer ocasião de comemoração.Agora vamos lembrar que o vinho espumante foi criado apenas no século XVI e levou aproximadamente dois séculos até que fosse aperfeiçoado e se transformasse numa versão mais próxima da bebida que conhecemos hoje através do método Champenoise. Mais caro do que o vinho tradicional, o champagne rapidamente ganhou status de produto de luxo no meio da alta sociedade. Era a bebida preferida da nobreza e dos mais privilegiados. Além de significar status, ela logo começou a ser usada em festividades. A realeza adorava a novidade e acreditava que a bebida trazia efeitos positivos para a beleza das mulheres e inteligência dos homens. Embora não exista registro oficial de quando, exatamente, a tradição de estourar vinho espumante no Reveillón começou é certo que a tradição cresceu ao longo dos anos, transcendendo o apelo de luxo e status, embora não abandonando completamente.Tudo na bebida evoca comemoração e felicidade, traços característicos da chegada do novo ano. Uma coisa é certa: seja você amante ou não do vinho, provavelmente não consegue imaginar a festa de virada do ano sem a famosa bebida.


254 visualizações

As imagens apresentadas neste site são meramente ilustrativas. Os produtos apresentados estão sujeitos a variações de preço conforme determinação dos respectivos e-commerces. Qualquer dúvida favor entrar em contato através do
e-mail  contato@wineandfood.com.br