• José Rosa

VINHO E CHOCOLATE - UMA COMBINAÇÃO IMPOSSÍVEL ?


Uma das dúvidas mais comuns dos apreciadores de vinhos é se o chocolate combina ou não com vinho. Se combina, qual o tipo do vinho que melhor enfrenta este desafio?

Para responder a esta pergunta temos que primeiro entender o chocolate.Seja ele escuro ou branco, doce , meio amargo ou amargo, puro ou com frutas secas , sabemos que o chocolate é forte, gorduroso e doce, tudo que dificulta a harmonização com o vinho.Estas características fazem com que poucos vinhos consigam se aproximar do gosto do chocolate e conseqüentemente dificulte a harmonização que seria justamente fazer com que os dois elementos, vinho e chocolate, tenham o mesmo peso. O doce fixa na boca e atrapalha em muito o nosso paladar pois nossas papilas gustativas ficam tão impregnadas que não conseguimos sentir outros sabores. Da mesma forma a gordura trás a sensação de impermeabilização da língua impedindo que possamos sentir outros gostos.Certamente esta combinação não é impossível e podemos chegar a combinações maravilhosas.

Pesquisando sobre o tema encontramos vários especialistas que recomendam para esta harmonização uma escolha mais cuidadosa tanto do chocolate quanto do vinho.A recomendação seria de um chocolate que tenha entre 50% e 70% de cacau, pois estes tem menos açúcar e menos gordura e para o vinho então seria escolher um que seja mais encorpado, de preferência tinto de sobremesa com açúcar residual elevado, aromático (aroma forte) e complexo (com vários grupos aromáticos, como frutas, madeiras, flores etc.)

Mas em se tratando de vinho e comida eu insisto que em primeiro lugar vem o gosto pessoal. Desta forma vamos abordar alguns tipos diferentes de chocolate e os respectivos vinhos que mais se adaptam a harmonização.


ENTÃO VAMOS AOS VINHOS

Porto Ruby (desde o mais simples até o sofisticado Late Bottle Vintage- LBV) vai bem com um chocolate puro, a partir de 60% de cacau (doce, amargo ou meio-amargo), para mim é a melhor combinação

Porto Tawny (aqui também pode ser o mais simples ou os reverenciados Tawny 10, 20 ou 30 anos) quando pensarmos em degustar um chocolate recheado com frutas secas, uma delícia.

Banyuls - um vinho fortificado produzido com a uva Grenache no sul da França ou Maury produzido com a mesma uva também são a indicação de muitos especialistas. Todavia estes dois vinhos não são muito comuns aqui no Brasil.

Jerez Pedro Ximenes, cujos intrigantes aromas de melado de cana o tornam ainda mais interessante vão muito bem com chocolates mais doces e certamente farão a diferença na harmonização deste exótico e delicioso vinho.

Sem dúvida fazendo as escolhas mais coerentes, sem abrir mão do seu paladar, podemos fazer um casamento delicioso do vinho com chocolate, Esta combinação pode parecer difícil mas que de forma alguma será impossível.

#Chocolate #PortoRuby #PortoTawny #Banyuls #JerezPedroXimenes

136 visualizações

As imagens apresentadas neste site são meramente ilustrativas. Os produtos apresentados estão sujeitos a variações de preço conforme determinação dos respectivos e-commerces. Qualquer dúvida favor entrar em contato através do
e-mail  contato@wineandfood.com.br