• José Rosa

ESCOLHENDO O DECANTER CORRETO PARA SEU VINHO


Se você gosta de beber um belo vinho tinto e desfrutar de todas as maravilhas desta bebida , saiba que usar um Decanter não é só uma ótima ideia, é importante para garantir que você irá aproveitar de toda alegria de sua degustação.Eu já falei sobre este assunto em agosto/16 no post DECANTER - QUAL A IMPORTÂNCIA ? , e você pode rever aqui.

A decantação pode a princípio não parecer importante mas o incremento da exposição ao oxigênio melhora muito o sabor, no decanter, o vinho entra em contato com o oxigênio que provoca uma aceleração de sua maturação, intensifica os aromas da fruta, reduz a tanicidade do vinho, evapora um pouco do alto teor alcoólico. Por outro lado ele tambem perde um pouco dos eventuais exageros de madeira tanto nos aromas como sabor e ganha harmonia tornando-se mais macio e menos agressivo pois reduz a sensação adstringente dos taninos , aflora os aromas de frutas e florais.

Outra função da decantação é para separar o liquido de seus sedimentos em vinhos não filtrados, como na grande maioria dos vinhos de longa guarda.

Se você está pesquisando para comprar um Decanter , aqui vão alguns conselhos pragmáticos para ajudá-lo a escolher o seu.

Escolhendo o Decanter correto

Para escolher o Decanter correto é obvio que temos que partir do vinho, suas característica, uvas , idade etc.

Vinhos Tintos Encorpados e Antigos

Este tintos com muito tanino devem ser decantados em um decantador com uma base mais ampla.Quando temos vinhos que possuem uma concentração de “polifenóis” de maior contração (cor, aromas e sabor), estes precisam do oxigênio para se manifestar com maior claridade e qualidade, e é neste caso que é preciso decantar, isto é, independente da uva, e o que vai importar vai ser o vinho, a concentração e a qualidade que ele tenha.

Em vinhos bastante antigos – aqueles raros e envelhecidos há muitas e muitas décadas – a decantação não é recomendável, pois como a oxidação acontece de forma muito rápida pode fazer com que o buquê do vinho desapareça em pouco tempo. Nesse caso, é mais recomendável servir o vinho direto nas taças..

Vinhos Médio Corpo

No caso, dos néctares mais jovens, a decantação permite suavizar os taninos presentes no vinho e que normalmente são ásperos, secos e adstringentes. Geralmente, estes vinhos apresentam elevados níveis de acidez porque ainda não tiveram tempo de amadurecer, o que significa que necessitam de “respirar” durante uma ou duas horas. Verta o conteúdo da garrafa para o decantador num gesto único e contínuo. Neste caso os vinhos devem ser decantados em um decantador com base media, parecido com uma jarra. No caso dos vinhos mais jovens, sem a presença de sedimentos, a decantação terá o objetivo maior de aerar ou oxigenar o vinho, portanto, o processo não vai requerer tantos cuidados.

Espumantes e Vinhos Brancos Jovens

No caso do Champagne e espumantes, nem pensar, apesar da recomendação de alguns críticos. A alma deste vinho está em seu perlage, nas suas borbulhas, decante e você perde tudo isso, não faz sentido.

Também não é indicado para os brancos jovens, que não apresentam sedimentos (no máximo cristais inócuos e transparentes de bitartarato de potássio precipitados pelo frio) e que pouco ganham com a aeração.Este vinhos são mais suaves e não precisam necessáriamente de ser decantado.

#DECANTER #AERAR

831 visualizações

As imagens apresentadas neste site são meramente ilustrativas. Os produtos apresentados estão sujeitos a variações de preço conforme determinação dos respectivos e-commerces. Qualquer dúvida favor entrar em contato através do
e-mail  contato@wineandfood.com.br