• José Rosa

BRUSCHETTA - UMA SABOROSA IGUARIA ITALIANA


A Bruschetta é um antepasto italiano feito com uma fatia de pão italiano rústico, de farinha escura e grossa, de casca dura, tostada na grelha, esfregada com alho, untada com abundante azeite e polvilhada com sal e eventualmente com pimenta-do-reino . Há, porém, incontáveis variações para se preparar uma boa bruschetta. Na Toscana, o pão local, feito sem sal é guarnecido com "fagioli al fiasco", ou seja, feijão branco cozido com ervas e alho ou então, com "cavolo nero", couve picado bem fininho e aferventado em água e sal.

No Brasil utilizamos o pão italiano, que é o pão que mais se assemelha aos pães típicos da Itália, por ter casca grossa e crocante e por reter mais umidade, aumentando sua durabilidade e a mais comum é feita com tomates e manjeiricão.

Mas qual a origem da Bruschetta?

A versão mais provável da origem da bruschetta é de que tenha surgido no período da Antigüidade antes de Cristo, entre os trabalhadores rurais italianos, que inventaram a fórmula para aproveitar as sobras dos pães do dia anterior, guarnecendo-o com os ingredientes que tinham à disposição. A receita deu tão certo que chegou até os dias de hoje, se popularizou em diversos países com influência italiana, e cada dia encontramos novas versões mais sofisticada.

A palavra bruschetta deriva de “bruscato” que em italiano significa tostado ou torrado e tem origem nas regiões do Lazio e de Abruzzo. Na região de Toscana o antepasto é chamado “fetunta”, de “fetta unta”, que na Itália quer dizer fatia untada.

Originalmente, a bruschetta era um alimento que servia aos pobres, que utilizavam o pão velho, azeite para cobrir e melhorar o sabor e o que pudesse colocar em cima. Desta forma as bruschettas matavam a fome dos fazendeiros italianos no campo. Todavia, com o passar dos anos, a bruschetta tornou-se uma iguaria, e passou a ser consumida pela alta sociedade e é servida nos melhores restaurantes.

Como os pães italianos são diversificados, variando de região para região, a bruschetta possui sabor e aparência com características distintamente regionais. Na Puglia e na Campania, por exemplo, é feita com um pão crocante, chamado "frisella" ou "frisedda". Na Calábria, Sicília e Basilicata, a bruschetta é feita com um pão comprido de semolina e sementes de gergelim, guarnecido com tomates, azeite e orégano.

AS VARIAÇÕES DA BRUSCHETTA

Embora certas guarnições seriam mais adequadas para determinados tipos de pães, pode-se garantir uma boa bruschetta, somente com um bom pão e um azeite de oliva de boa qualidade. A pimenta-do-reino moída na hora, também dá um sabor especial. Ainda, prefira tostar o pão na grelha, a torrá-lo no forno. Ele fica macio por dentro e com uma casca crocante externamente. Se usar queijo e quiser derretê-lo, coloque as bruschettas em forno alto, por alguns minutos, isto impedirá que o pão endureça.

Pode-se até organizar uma festa, somente com bruschettas, utilizando-se quatro a cinco tipos diferentes, com sabores e cores distintas, acompanhadas, é claro, de um bom vinho. Tente alguma das receitas que oferecemos na seção Antipasti e Bevande. Se não encontrar o pão indicado, use outro qualquer de sua preferência e crie sua própria receita.

AS RECEITAS

Bruschetta Básica e Tradicional:

Faça fatias de 1 cm de espessura, toste a fatia de pão em uma grelha, dos dois lado. Esfregue um dente de alho, em apenas um lado, por duas vezes. Regue com um fio de um bom azeite de oliva extra virgem, tempere com sal e pimenta. Essa é a receita básica da Bruschetta, que pode ser apreciada deste modo. Se preferir recheios, existem recheios dos mais simples (ervas frescas picadas) aos mais luxuosos, como de Lagosta em Vinagrete.

Segue abaixo algumas dicas de sabores:

Tomate e Manjericão

Ingredientes:

- 2 tomates maduros;

- 15 folhas de manjericão;

- Sal e Pimenta-do-Reino;

- Azeite de oliva

- 2 colheres de sopa de vinagre de vinho branco ou de ervas.

Modo de Preparo:

- Retire a pele e as sementes dos tomates. Esprema-os com a mão e coloque-os em uma tigela.

- Rasgue as folhas de manjericão e adicione- os a tigela com os tomates.

- Tempere com Sal, Pimenta, Vinagre e Azeite.

- Recheie as Bruschettas Básicas e sirva.

Dica: Se preferir rasgue pedaços de mozzarella e adicione ao recheio.

Bruschetta de Figo com Parma

Ingredientes:

- 1 figo;

- 2 fatias de presunto Parma;

- Azeite;

- Aceto Balsamico reduzido 50%;

- Sal e Pimenta.

Modo de Preparo:

- Corte as extremidades do figo, descarte as pontas. Corte o figo em quatro, no sentido do comprimento, reserve.

- Pique em pedaços médios o presunto Parma.

- No lado dourado do pão italiano coloque dois pedaços de figo, espalhe um pouco de presunto Parma por cima dos figos, tempere com azeite, sal e pimenta e leve ao forno pré-aquecido a 200 graus por 6 minutos.

- Ao tirar do forno coloque algumas gotas de balsâmico reduzido e sirva.

Bruschetta Tri-Funghi

Ingredientes:

- 50g de shimeji debulhado;

- 50g de shiitake fatiado;

- 50g de cogumelo paris fatiado;

- 1 colher de sopa de cebola roxa picada;

- 1 colher de sopa de manteiga;

- Salsinha picada;

- Sal e Pimenta.

Modo de Preparo:

- Numa frigideira, refogue a cebola roxa por 1 minuto na manteiga;

- Após refogar a cebola, adicione os funghis e refogue por 5 minutos, se necessário pingue um cálice de vinho branco ou água, espere evaporar, tempere com sal e pimenta e desligue;

- Adicione o recheio à Bruschetta Básica, polvilhe salsinha picada por cima e sirva.

Bruschetta de Salmão com Cogumelos Paris

Ingredientes:

- 3 Fatias de Salmão Defumado;

- 2 Cogumelos Paris Laminados;

- 1 colher de sopa de manteiga;

- 1 colher de sopa de maionese;

- 1 colher de chá de suco de limão;

- 1 colher de chá de salsinha picada;

Modo de Preparo:

- Corte em 3 cada fatia de salmão defumado;

- Puxe as lâminas de cogumelo na manteiga;

- Faça uma pasta com a maionese, suco de limão e salsinha picada;

- Passe a pasta na Bruschetta básica e adicione as fatias de salmão e as lâminas de cogumelo;

- Adicione sal e pimenta a gosto e enfeite com azeite de oliva.

Dica: Quanto mais frescos os insumos estiverem melhor vai ficar a Bruschetta. A comida italiana é muito sensível ao frescor dos alimentos, nunca se esqueçam disso!

Como harmonizar com os Vinhos!

Bruschetta de Tomate e Manjericão com Chianti

Uma combinação perfeita desta bruschetta será com um Chianti, a acidez deste vinho harmoniza muito bem com o tomate, é um vinho elaborado a partir da uva Sangiovesse e que tem corpo para competir com o azeite, com o aroma do manjericão e o alho..

Bruschetta de Figo com Parma com Carménère

Uma combinação perfeita desta bruschetta será com um Carménère, quando se trata de Parma, dá para lembrar de seus sabores só de pensar, são sabores fortes e intensos. E eles dominam o sabor nossa bruschetta. O vinho, então, não pode ser tão encorpado ,nem tão complexo e cheio de sabores, para não fazer confundir nosso paladar na boca. Vamos com um mais neutro, como Carménère.

Bruschetta Tri-Funghi com Barolo ou Barbaresco

Uma bruschetta que traz os toques terrosos e rústicos ficará perfeito com a Nebbliolo, uva do Piemonte que faz destas maravilhas de vinho com característicos de cassis, tabaco, cedro e café torrado...).Então vamos ao Barolo ou Barbaresco? Você não vai se arrepender!

Bruschetta de Salmão com Cogumelos Paris com um Rosé

Esta é uma bruschetta que ficará muito gostosa com um rosé delicioso e vibrante mas com alguma estrutura para sustentar as proteínas do salmão.

#Bruschetta #Azeite #IguariaItaliana #ReceitasdeBruschetta #Chianti #Barolo #Barbaresco #Nebbliolo #Sangiovesse #Carménère

306 visualizações

As imagens apresentadas neste site são meramente ilustrativas. Os produtos apresentados estão sujeitos a variações de preço conforme determinação dos respectivos e-commerces. Qualquer dúvida favor entrar em contato através do
e-mail  contato@wineandfood.com.br