• José Rosa

OVOS DE PÁSCOA E VINHO


Os ovos de chocolate vieram dos Pâtissiers franceses que recheavam ovos de galinha, depois de esvaziados de clara e gema, com chocolate e os pintavam por fora.

Os pais costumavam esconder ovos nos jardins para que as crianças os encontrassem na época da Páscoa. Com melhores tecnologias, a partir do final do século XIX, se difundiram os ovos totalmente feitos de chocolate, utilizados até hoje.

A PÁSCOA

A Páscoa é uma importante celebração da igreja cristã em homenagem a ressurreição de Jesus Cristo, é o encerramento da Semana Santa.

As comemorações referentes à Páscoa começam na "Sexta Feira Santa", onde é celebrada a crucificação de Jesus, terminando no "Domingo de Páscoa", que celebra a sua ressurreição e o primeiro aparecimento aos seus discípulos.

O OVO DE PÁSCOA

O ovo é símbolo bastante antigo, anterior ao Cristianismo, que representa a fertilidade e o renascimento da vida. Muitos séculos antes do nascimento de Cristo, a troca de ovos no Equinócio da Primavera (21 de Março) era um costume que celebrava o fim do Inverno e o início da primavera. Para obterem uma boa colheita, os agricultores enterravam ovos nas terras de cultivo.

Quando a Páscoa cristã começou a ser celebrada, a cultura pagã de festejo da Primavera foi integrada na Semana Santa. Os cristãos passaram a ver no ovo um símbolo da ressurreição de Cristo. O ovo de chocolate ou ovos de Páscoa, que são uma tradição milenar, passou à ser relacionada ao cristianismo. Costumava-se pintar um ovo oco de galinha de cores bem alegres, pois a Páscoa é uma data festiva que comemora a ressurreição de Jesus Cristo, sendo o ovo um símbolo de nascimento. Outros povos como os gregos e os egípcios também coloriam ovos de galinha oco, porém, em datas diferentes.

VINHO E CHOCOLATE

Branco, ao leite, amargo e até com amêndoas, é difícil resistir a uma série de variedades.

Mas se sozinho o chocolate já é bom, imaginem com um acompanhamento para deixá-lo ainda melhor: O VINHO !

O ideal é optar por chocolates menos doces, com pelo menos 60% de cacau, mas qualquer tipo pode virar uma boa dupla com a bebida. Em qualquer harmonização é preciso buscar o equilíbrio. Quando se tem algum extremo, como muito açúcar no vinho ou no alimento, vai ficando mais difícil harmonizar. Por exemplo, se você escolher um chocolate ao leite com vinho seco, a bebida vai ficar muito amarga depois da sobremesa. Tudo depende do gosto, mas algumas combinações facilitam muito.

Como se não bastasse ser gostosa, a combinação entre vinho e chocolate também faz bem à mente, segundo uma pesquisa feita da Northumbria University, na Inglaterra. Isso porque os dois são ricos em polifenóis, que ajudam a dilatar as veias e aumentam a oxigenação do cérebro. De acordo com os pesquisadores, o aumento do fluxo sanguíneo no cérebro leva açucares e oxigênio ao órgão, tornando mais fácil e rápida a realização de cálculos complexos. Emma Wightman, líder da pesquisa, destacou que os efeitos são melhores percebidos em pessoas mais velhas, cujo fluxo sanguíneo cerebral tende a diminuir naturalmente.

Seja para beneficiar a mente ou o paladar, o importante é você harmonizar seu vinho com chocolate e deixar a Páscoa com gostinho especial.

COMBINANDO CHOCOLATE E VINHO

Quando o coelhinho te der um ovinho de chocolate veja qual vinho vai combinar com seu chocolate.

Chocolate ao leite - Vinho Branco Fortificado (Porto)

Os apaixonados por chocolate ao leite devem escolher um vinho doce para acompanhá-lo, como o vinho do Porto. Assim, nenhum sabor se sobressai e anula o outro, uma boa pedida será um vinho branco fortificado, elaborado a partir da combinação de uvas finas aromáticas, com alto grau de maturação é o ideal para acompanhar sobremesas a base chocolate, e na Páscoa um ovo de páscoa puro, até com menor percentual de cacau.

Chocolate meio-amargo - Tintos Jovem

Chocolates com 50% de cacau são de fácil combinação e podem ser acompanhados com diversos tipos de tintos, sejam eles jovens ou encorpados. Boas dicas são o Cabernet Sauvignon, Shiraz e Merlot.

Chocolate amargo - Tintos Jovens (sem madeira) Ou Espumantes Brut

Para os chocolates com mais de 70% de cacau, uma dica é optar por rótulos tintos secos sem passagem por madeira, como os Merlots jovens. Acima deste percentual, vale escolher a bebida com leve passagem por madeira, como Cabernet e Merlot. Se a opção for por um espumante, sugiro um brut de Chardonnay e Pinot Noir no método Charmat longo ou tradicional (champanoise).

Chocolate branco - Vinhos Brancos ou Espumante Moscatel

Chocolate branco pode ser combinado com vinho branco ou tinto. Uma dica é escolher rótulos com fermentação malolática, que dá um toque amanteigado à bebida e ajuda a harmonizar com o doce. Chocolates com recheio de frutas cítricas, por exemplo, podem ser harmonizados com espumante moscatel. A mesma indicação vale para os chocolates brancos, pois são mais gordurosos e a as borbulhas e acidez do espumante ajudam a limpar a língua.

Como eu já havia falado no meu post VINHO E CHOCOLATE - UMA COMBINAÇÃO IMPOSSÍVEL? , postado ano passado, a combinação requer alguns cuidados, mas desde que feita corretamente, o sucesso é garantido.

Reveja o Post

#PÁSCOA #OVOSDEPÁSCOA #CHOCOLATE #VINHOECHOCOLATE

0 visualização

As imagens apresentadas neste site são meramente ilustrativas. Os produtos apresentados estão sujeitos a variações de preço conforme determinação dos respectivos e-commerces. Qualquer dúvida favor entrar em contato através do
e-mail  contato@wineandfood.com.br