• José Rosa

A REALIDADE AUMENTADA CHEGOU AO MUNDO DOS VINHOS. IMAGINE O RÓTULO DO SEU VINHO FALANDO COM VOCÊ !


Se Johnny Cash estivesse vivo hoje, ele beberia 19 Crimes . Isso porque este rótulo de vinho rebelde está transformando os ingleses do velho mundo em “vino” inspiração a um preço que amamos e com uma pitada de diversão em jogos via realidade aumentada (AR).

Os fãs deste vinho sempre estiveram genuinamente entusiasmados com a autêntica história do 19 Crimes, experimentando os vinhos além do vidro, coletando as rolhas e posando para fotos com os rótulos, diz Doug Altmeyer, gerente sênior de marca da Crimes.

“O novo aplicativo de 19 crimes AR oferece uma maneira nova e excitante de experimentar a história dos 19 crimes, contada pelos próprios condenados que se tornaram colonos!”

OS 19 CRIMES

A colonização da Austrália pelos europeus começou com o objetivo de esvaziar as cadeias superlotadas da Inglaterra. Com a independência dos Estados Unidos, a Inglaterra teve que parar de mandar condenados ou presos para a América. Sendo assim, o Rei passou a mandá-los para a nova terra conquistada. A primeira frota, com 11 embarcações e aproximadamente 1,3 mil pessoas, organizada para colonizar o continente desconhecido, atracou em Botany Bay a 18 de janeiro de 1788.

O Capitão Arthur Phillip, após decidir que a área não era apropriada, moveu-se mais ao norte (onde hoje se encontra Sydney), para estabelecer a primeira colônia, em 26 de janeiro de 1788. Durante o período como colônia penal, mais de 168 mil prisioneiros foram transportados para a Austrália, o que terminou em 1852 (na costa leste) e 1868 (na costa oeste). Os prisioneiros, muitos condenados por pequenos crimes, tinham suas penas transformadas em prisão perpétua, uma vez que o retorno para Inglaterra era praticamente impossível.

Os prisioneiros que pagavam suas penas (em média 7 anos) eram libertados e recebiam terra para plantio, dando início à expansão do continente. A vida dos primeiros colonos era extremamente difícil e poucos se aventuravam além da baía de Sydney. Para se ter uma ideia, as Montanhas Azuis, que hoje se localizam a duas horas de automóvel do centro de Sydney, só foram cruzadas em 1813, ou seja, 25 anos após a primeira frota.

Existiam 19 crimes diferentes que poderiam sentenciar cidadãos para a colônia penal da Inglaterra. Entre eles estavam: bigamia, representar um egípcio (hein?), roubar peixes de um lago ou rio, roubar móveis de alojamentos/ casas, roubar ou queimar roupas e outros bem esquisitos.

O VINHO

19 Crimes é um vinho criado por uma das mais prestigiadas vinícolas da Austrália. O enólogo do 19 crimes, Paul Dahlenburg, leva sua inspiração a partir de técnicas tradicionais, onde o vinho era feito sem eletricidade, apenas com o cuidadoso manuseio e toque. Assim como o espírito de " pioneiros" , muitos dos quais foram condenados - 19 Crimes comemora os homens e os torna lendas

A ideia dos produtores foi de produzir as garrafas de vinho rotuladas com fotos vintage de antigos criminosos transformados em colonos australianos.

Os homens e mulheres que adornam os rótulos dos 19 Crimes foram punidos com o envio para a Austrália no início de 1783 por cometerem pelo menos um dos 19 crimes. Aqueles sem lei que sobreviveram no mar se tornaram pioneiros na colônia penal fronteiriça que conhecemos com carinho como The Down Under .

Na família dos 19 Crimes o Cabernet Sauvignon de Barossa, Austrália, que possui aromas de baunilha equilibrados com groselha e amora. Firme e cheio no paladar, um gole é rico, mas doce. O palato brilha com frutas vermelhas e um final de taninos suaves e persistentes. É um vinho relativamente novo, engarrafado em 2015.

E quanto ao rebelde na garrafa, você pode aprender sobre sua fuga da meia-noite pegando uma maldita garrafa e aprendendo com o aplicativo e bebendo um vinho que tem um pouco de vida!

O QUE É REALIDADE AUMENTADA

A forma mais simples de definir a tecnologia da Realidade Aumentada é falar que ela é uma tecnologia que permite misturar o mundo virtual com o real. Cada APP reconhece o rótulo da garrafa e insere uma animação sobre o rótulo.

“Ela é definida usualmente como a sobreposição de objetos virtuais , tridimensionais gerados por computador, com um ambiente real, por meio de algum dispositivo tecnológico.”

(MILGRAM, 1994)

Realidade Aumentada - Breve história

Desde a década de sessenta a AR já era estudada. Em 1968, Ivan Sutherland desenvolveu uma espécia de apoio para duas lentes, olhando através delas, um cubo em 3D aparecia desenhado no espaço real em frente ao usuário.

O termo realidade aumentada só foi surgir em 1990 quando o pesquisador Tom Caudell e seu colega David Mizell foram convidados a apresentar uma solução para a empresa de aviação Boeing. Eles chamaram de augmented reality a exibição de informações virtuais combinadas com a realidade. Durante muito tempo foi utilizada em empresas para soluções de problemas específicos como neste ou até mesmo como no caso da Boeing.

As aplicações populares surgiram aos poucos, em 1998 a primeira transmissão de televisão utilizando realidade aumentada foi feita, na NFL o sistema serviu para desenhar a linha 1st Down, a marcação em amarelo que aparece no gramado. Já em 2009, a revista Esquire fez uma proposta diferenciada para a leitura de revistas. Criando um aplicativo capaz de ler um código presente no papel da revista com uma webcam, ela mostrou como a AR é capaz de ser revolucionária.

Em breve apresentarei outros produtores que também estão colocando no mercado vinhos com rótulos usando esta tecnologia.

COMO VER O ROTULO DO 19 CRIMES

Você pode baixar o aplicativo Living Wine Labels do 19 Crimes através da Apple App Store e Google Play Store e tirar uma foto do seu criminoso, observando como eles ganham vida em suas fotos vintage para contar a história de seu crime. Ouça o The Banished Dark Red, James Wilson, em seu credo para "lutar até o fim", tomando um gole direto da garrafa (porque a rebelião é contagiosa). Confira a líder feminina de uma gangue de ladrões, Jane Castings, que fala de coragem e frentes do primeiro vinho branco de 19 Crimes.

Assista o video no YouTube: https://youtu.be/9pjrl3ORqXM

Estes vinhos são ousados, suaves e ganham vida com o seu smartphone. Isso porque o 19 Crimes é uma das primeiras marcas de vinhos ou bebidas espirituosas a entrar no movimento AR.

“Nós vimos uma resposta tão positiva aos nossos três primeiros vinhos com rótulos AR que realmente trouxemos a tecnologia AR para toda a linha de vinhos 19 Crimes”

“Agora, não importa se você está abrindo uma garrafa de The Warden ou nosso novo vinho, The Uprising, você pode encontrar um novo condenado e interagir com o vinho. O próximo passo é construir novas formas de interação com os vinhos. Pense nos condenados conversando entre si com seus rótulos, contando novas histórias - quase não há limites.”

Doug Altmeyer

Gerente Senior da Crimes

#REALIDADEAUMENTADAAR #19CRIMES #TECNOLOGIA

3,048 visualizações

As imagens apresentadas neste site são meramente ilustrativas. Os produtos apresentados estão sujeitos a variações de preço conforme determinação dos respectivos e-commerces. Qualquer dúvida favor entrar em contato através do
e-mail  contato@wineandfood.com.br