• José Rosa

FRANGO COM QUIABO - TRADIÇÃO DA CULINÁRIA MINEIRA

O Frango com Quiabo é sem dúvida uma paixão dos mineiros, eu como bom mineiro de Baependi, uma cidade no Sul de Minas , não sou diferente, amo este prato.

Um prato fácil de fazer e barato que seduz qualquer conterrâneo mas também encanta muita gente Brasil a fora que sem Duvida não recusaria uma mesa com esta iguaria.

Alguns mineiros atribuem a origem deste prato á África, mas isto não é nenhuma surpresa pois a história vai nos levar sempre a origem da maioria dos pratos típicos brasileiros mais populares aos Índios, Portugueses ou Africanos.

Para mim o prato seria uma evolução ao longo do tempo, sendo uma fusão das culturas indígenas, africanas e portuguesas.

Leia também o post

MOCOTÓ - À MODA GAÚCHA

"Buscando a origem deste prato, as pesquisas que fiz, apontam para o sul do Brasil, o que ainda causa alguma polêmica já que alguns atribuem ao nordeste a sua origem."

Primeiramente temos relatos que em Minas Gerais o quiabo está presente desde o início da ocupação da região, no final do século XVII, com a descoberta do ouro e, posteriormente, dos diamantes. O quiabo era preparado juntamente com a carne de animais ou misturado ao angu. Quando chegaram as galinhas e porcos trazidos pelos portugueses vieram, então, o frango com quiabo e a costelinha com quiabo, sempre acompanhados de angu.


Mas também poderia ter vindo dos índios e teria surgido em Minas Gerais por causa da dificuldade do estado em trazer alimentos dos grandes centros da época, estamos falando do século 19, quando a Bahia e o Rio de Janeiro eram os grandes estados financeiros no país. E não demoraria muito para o alimento se popularizar.

E o quiabo, como é sabido, chegou ao Brasil vindo da África. Por ser uma planta de rápido crescimento e fácil cultivo dizem que os escravos traziam suas sementes nos bolsos como uma espécie de seguro alimentar. Já as galinhas chegaram um pouco antes, vieram de carona nas caravelas de Pedro Álvares Cabral. Até aqui o nosso Frango com quiabo já tem origem portuguesa e africana.

Mas afinal temos uma certeza, foi por aqui que o Frango com Quiabo surgiu pela primeira vez, seja pelas de índios, portugueses ou africanos.


Apesar de o Frango com Quiabo ser uma receita simples, fácil de fazer é importante caprichar , como em todo prato, tudo começa com muito amor por cozinhar e a recompensa será uma prato maravilhoso e como digo sempre “para comer de joelhos”.



Então vou te apresentar uma receita para você preparar um autêntico Frango com Quiabo

RECEITA

Ingredientes:

1 kg de coxas e sobrecoxas de frango ou galinha, sem pele

300 g de quiabo

1 colher de sopa de extrato de tomate

1 cebola picadinha

1/3 de pimentão picadinho

Pasta de alho e sal

Cominho e louro em pó

Pimenta malagueta ou tabasco (opcional)

Cheiro verde (opcional)

2 colheres de chá de vinagre de vinho

Água

Óleo vegetal

Modo de fazer:

Lavar os quiabos em água pura e enxugá-los bem com um pano de prato limpo. Esta lavagem, juntamente com o vinagre que vai se adicionar na panela, são para tirar a baba do quiabo. A seguir corte as pontas dos quiabos e reserve. Variando o tamanho podem ser adicionados inteiros ou em metades.


Temperar o frango com alho e sal, cominho e louro. Reservar


Numa panela, refogar em óleo a cebola, o extrato de tomate, o pimentão e os pedaços de frango até o frango dourar. Adicionar cerca de uma xícara de água e deixar levantar fervura. Diminuir o fogo e adicionar os quiabos e o vinagre. Tampar a panela e cozinhar até que o frango fique macio e o quiabo cozido. Se necessário adicionar mais água. Se gostar, adicionar um pouco de pimenta e cheiro verde. Servir com angu.


HARMONIZAÇÃO


Frango com Quiabo é um prato que apesar de simples tem muitos sabores fortes e podem contrastar muito entre si. Apesar de termos o frango que é uma carne leve temos temperos no molho que podem deixá-lo mais picante e ainda um toque de amargor do próprio quiabo. Uma opção seria um vinho branco que fizesse o contraste da doçura com a intensidade dos demais sabores. Um Sauvignon Blanc, dos mais tropicais aos mineiras, todos conservam uma acidez aguda, perfeita para lhe conferir o frescor desejado.Outra opção seria o Riesling, Os Riesling no geral funcionarão bem, pois tem de natureza deliciosa acidez, charmosos aromas de frutas brancas cristalizadas, especiarias doces e algo químico, perfeito.

Eu particularmente prefiro os tintos e a dica seria um Pinot Noir de Leve a Médio corpo, procure os de Vales e Regiões mais frias, estes tem uma acidez deliciosa e fresca, farão bonito para esse tradicional frango com quiabo e polenta.







RECENTES

Blog Amigo

PESQUISA POR TAGS
ARQUIVOS
  • Facebook Social Icon
  • Twitter Social Icon
  • Pinterest Social Icon
  • Instagram Social Icon

As imagens apresentadas neste site são meramente ilustrativas. Os produtos apresentados estão sujeitos a variações de preço conforme determinação dos respectivos e-commerces. Qualquer dúvida favor entrar em contato através do
e-mail  contato@wineandfood.com.br